O medo produz insegurança, mas também dá coragem ao homem...





Ora, o medo produz tormento, 
logo, aquele que teme
 não é aperfeiçoado no amor. 
(1 João capítulo 4,versículo 18 )

O medo não é novo, Adão sentiu medo depois que pecou:

Existem vários tipos de medo. Alguns são legítimos...
outros são imaginários. Ainda outros são irracionais. 
O medo produz insegurança, mas também 
dá coragem ao homem, ou
 até mesmo o enche de covardia. 
O medo de certa forma gera um limite, 
porém superá-lo o homem pode tornar-se 
imprudente e inconseqüente. 
Ao mesmo tempo, que este limite pode ser 
prejudicial para o homem, pois não 
viverá livremente, será escravo do medo, 
isso evitará que tome decisões  importantes na vida 
por causa do medo ou por medo 
das possíveis conseqüências que tais decisões
 podem gerar comprometendo o seu futuro, 
como o sofrimento a perda de prestígios 
ou até mesmo uma mudança radical 
na própria vida, o que os outros vão pensar, 
falar ou julgar tal decisão, então
preferem não se arriscar.

Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça valer, cada minuto, cada lugar, cada sorriso, cada olhar....
Lembre-se... O olhar é a vitrine da alma....
Que bom ler seu comentário...